Arquivo da tag: narrativa

Novas narrativas

Quantas vezes jornalistas e escritores pensam em uma maneira diferente de contar uma história? (Dizer que não segue o lead, obviamente, não vale.)

O livro O Bom Inverno, de João Tordo, levou o texto para o Facebook. Na página Fbooks, você só precisa “curtir” o narrador e os personagens do livro para seguir a história.

Como se eles fossem pessoas reais, publicam seus “diálogos” e também compartilham onde estão, o que estão fazendo.

Quem ficar perdido com as 100 atualizações no Mural pode seguir a história nos resumos diários postado na página do Fbooks.

O escritor podia aproveitar melhor os recursos do site para compartilhar links, músicas, enquetes, tudo o que ajuda a “definir” a personalidade dos personagens. Mas, ainda assim, é um passo interessante para quem gosta de escrever.

Como próximo passo, já parou para pensar em narrativas para tablets, iPads e afins? Quantas possibilidades estão abertas e como as estamos aproveitando?

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Um personagem real-publicitário

Achei demais a campanha feita pela agência DDB para o produto SideKicks, da Knorr.

A participação do produto estava caindo no mercado canadense e, para resgatá-lo, a agência colocou seus esforços em anunciar a redução de 25% na quantidade de sódio do produto. Para isso, criaram um personagem simpático, um saleiro, triiiiiiste pela notícia da redução de sal na comida.

O personagem, além de chamar a atenção nos comercias feitos para a TV, ganhou uma página específica no Facebook, a SaltysLife, e um perfil no Twitter, de mesmo nome.

Com quase 13 mil pessoas já tendo curtido a página no FB, a sacada agora é que ela está sendo “atualizada” pelo porta- pimenta , que tenta, junto aos visitantes da página, descobrir onde foi parar o desaparecido saleiro (a promoção na realidade vale um prêmio de 25 mil reais).

A descrição da campanha feita pela agência pode ser vista aqui:

O resultado dela é significativo, com um aumento de 12% na venda do produto e a superação do principal concorrente, além de MUITA divulgação espontânea, com custo zero à empresa e à agência.

 

*Em tempo, a agência DDB é a mesma do também genial The Fun Theory.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Só mais 1 minuto

Uma única bactéria, se colocada para se reproduzir dentro de um tubo de ensaio cheio de alimento, resultará no fim de toda a comida em 60 minutos. Aos 59 minutos, o tubo estará apenas cheio pela metade. Mas, crescendo exponencialmente, assim como a população mundial, as bactérias só precisarão de mais 1 minuto para preencher o tubo por completo e para a comida acabar.

Como uma metáfora para o consumo e crescimento populacional que vivemos, cientistas dizem que já estamos nos nossos 59 minutos.

O The Test Tube, documentário-video-campanha-narrativa multimídia criado pela NFB (National Film Board of Canada)/Interactive, conta essa metáfora perguntando: O que você faria se tivesse 1 minuto extra?

Um vídeo com David Suzuki, um premiado cientista-ambientalista, inicia na tela, enquanto Tweets que contêm a palavra escrita por você começam a aparecer. Ao fim da explicação, a reflexão: o que mesmo você faria com 1 minuto extra?

Bom, a resposta campeã no site é… dormir.

E, mea culpa, eu usaria um minuto extra para: sorrir. Pois é, o mundo lá acabando, e eu sorrindo… Junto com um tanto de gente twittando sobre seus próprios sorrisos.


Ps. O site vale a visita tanto pela mensagem quanto pelo visual gráfico e pela narativa multimídia.

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized