Arquivo da tag: inovação

Não vivemos sem telefone, mesmo.

Me surpreendi com um vôo da companhia aérea Qatar… Não sei se outras têm o mesmo serviço. Na TV disponível em cada poltrona há um telefone acoplado. Por ele você pode fazer ligações para outras pessoas que estão no avião, digitando o número da poltrona em que elas estejam, ou (o melhor) fazer ligações para seu País de origem ou destino, pagando um valor estabelecido, em dólares, próximo ao de uma ligação internacional.

Para pagar também é bem simples: o próprio “telefone” tem um local para passar o cartão de crédito.

E para quem vai gastar tediosas e longas horas voando, o telefone tem em sua parte porterior os botões de um controle de video-game. Na tela da TV, você escolhe o jogo que prefere e se irá jogar sozinho ou com os companheiros de viagem. Com opções que vão bem além do Tetris…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Internet de graça ou uma Coca?

Acho que a maioria das pessoas que usa Internet no celular já tem um pacote de dados, ou seja, não seria tão útil ganhar créditos em Internet quanto uma Coca-Cola bem gelada nesse calor, mas….

Uma ação de marketing da Coca-Cola está levando para o quiosque da marca, na praia de Copacabana, Rio de Janeiro, o Refil de Felicidade, um equipamento que parece uma máquina de refrigerantes mas carrega celulares com créditos de Internet 3G.

Criado em parceria com a Oi, os clientes da empresa de telefonia fazem na hora o dowload de um aplicativo no celular e, depois, o aproximam da máquina, como se fossem encher um copo de Coca. Os litros de refri que vão aparecendo na tela representam os megabytes para navegação.

Diz em reportagem da Revista Exame que a ação foi elaborada com um trabalho conjunto entre os núcleos de ativação, design, digital e criação das unidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Recife da agência Ogilvy.

Eu ainda preferia ganhar uma lata de Coca, mas só a criatividade de “encher” o celular em uma máquina de refrigerante… já foi demais!

*Dica de Rodolfo Dallacqua

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Cerveja esperta

Quando um simples porta-garrafa se transforma em uma comunicação entre cliente e garçom:

Leventando a lingueta verde (onde está escrito “outra”) você dá um sinal, sem ter que chamar ninguém, de que está pedindo outra cerveja.

Simples, de baixo custo e eficiente.

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Evento digital, colaboração também

Os alunos do Projeto Guri, programa sociocultural que ensina música para crianças e adolescentes, levaram uma experiência interativa ao Campus Party 2012, que termina hoje, no Anhembi, em São Paulo.

O www.mixerguri.org.br é um site criado pelo projeto para quem quiser fazer música de uma maneira diferente e online. De quebra, o site abre a oportunidade das pessoas conhecerem o projeto e colaborarem. Conforme faz uma música no site, ele mesmo já indica um valor (baixinho) para doação e produtos do projeto que podem ser adquiridos online.

No evento, considerado o maior de inovação tecnológica, Internet e entretenimento eletrônico em rede do mundo, o Projeto Guri também realizou uma palestra para contar como foi a experiência de produção do site.

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Cansado?

Detector de fadiga. Não esperava por uma tecnologia como essa e acho que a propaganda da VW acertou certinho em como comunicar esse diferencial do novo Passat ao público brasileiro.

O mecanismo verifica o padrão de direção do motorista no início da rota e identifica quando ele demonstra sinais de cansaço, avaliando mudanças no ângulo do volante, no uso dos pedais e na aceleração. Então, informa com um alerta sonoro que o motorista deve fazer uma parada, repetindo a mensagem a cada 15 minutos.

Enquanto o vídeo original de divulgação dessa tecnologia no You Tube, em inglês, é uma explicação ilustrada e chatinha sobre o detector, a propaganda que está no ar na TV brasileira utilizou bom-humor para apresentar a tecnologia :)

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Links impressos

Levar uma reportagem de uma revista impressa para a web é relativamente fácil: adiciona links no texto, anima uma ilustração, acrescenta um vídeo ou alguma forma de participação do leitor e fim.

Agora, levar elementos da web para a revista impressa, é algo difícil de se ver.

A revista Results On #23, em seu formato pocket, acrescentou aos textos os links que cita neles, no formato migre.me. Assim, fez links a pesquisas citadas, sites de empresas e reportagens complementares. Em outras matérias, ao citar um entrevistado, publicou junto ao seu nome o Twitter da pessoa.

Além desses detalhes serem uma porta de entrada para o site da Results On, que tem muito mais conteúdo do que todas as edições da revista impressas até hoje, eles são uma maneira de fazer a notícia ir além do que está escrito, do leitor dar continuidade ao tema. E isso deveria ser o princípio de qualquer publicação, impressa ou online.

 

Ps. A revista só deveria ter mais cuidado com a gramática (nesta edição tem publicado um “quando eu ver”) e com os elementos gráficos muito poluídos, como da reportagem acima, que atrapalham a leitura.

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Inovar

É quando só se tem isso:


 

Pensar nisso:

 

*Um exemplo da inspiração (e da coragem de apostar no novo) do co-fundador da Apple e da Pixar Studios, Steve Jobs.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized