Doador de órgãos: comunique

Como pode algo essencial como doar órgãos não acontecer por uma má comunicação? Sem declaração, registro, escrito, a família do possível doador fica perdida, e a boa ação vai pras cucuias.

Algo precisava ser feito, claro. O que eu não esperava é que isso viesse de um acordo entre governo e Facebook.

Uma parceria entre o Ministério da Saúde e a rede social tornou disponível no perfil dos usuários um campo para que se manifeste o desejo de ser doador. Basta clicar em sua própria foto de perfil, aí em “Evento cotidiano” (bem ao lado da atualização de status) e escolher a opção “Saúde e bem-estar” e, depois, “doadora de órgãos“:

Pronto, comunicado:

Ainda que a autorização da família continue sendo necessária, o Facebook é uma prova registrada e pública da vontade do doador. Que, com essas condições, imagino que dificilmente não seja acatada.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s