Pequenos

Se as cartas se resumiram a mensagens de texto, as laudas em breves chamadas para leitura online e os pensamentos apronfundados em twittes… Por que tão poucos livros de poesia?

Digo isso pensando nas poesias breves, ligeiras, que com poucas linhas dizem mais que 200 páginas de romance-histórico-ficcional ou que volume completo de coleção de filosofia.

——————————-

Essa vida é uma estranha hospedaria,
De onde se parte quase sempre às tontas,
Pois nunca as nossas malas estão prontas,
E a nossa conta nunca está em dia…
(Mário Quintana)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s