Quer pagar quanto?

A Casas Bahia provou que a estratégia de vendas funciona. Para móveis, mas será que para livros?

Cabines de venda de livro estão espalhadas por metrôs de São Paulo, propondo que as pessoas que tiverem interesse em comprar um livro deixem ali o quanto acharem que o livro vale.

É interessante comprar um livro sem saber seu preço de mercado (ideia que também já foi utilizada por uma galeria de arte, para vender quadros de artistas famosos junto ao de totais desconhecidos pelo mesmo valor). Sem saber o preço, não pré-julgamos se o livro tem mais chances de ser bom por ser caro, ou ruim por estar no saldão de R$1,99.

Por outro lado, dá uma certa desconfiança… Será mesmo que vale pagar mais de 2 reais (preço mínimo, pois a máquina só aceita notas) em um livro vendido em uma máquina e que nem folhar antes eu posso?

Eu ainda não arrisquei. Você arriscaria?

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Quer pagar quanto?

  1. Arrisquei, eu.
    Bom, podemos dizer que vale, como um atrativo para o metrô ou trem, bem como, ônibus ou transporte viário.
    Agora. Todos nós sabemos que um bom livro d’uma editora famosa custa pelomenos 13 x mais que um daquele.
    Também serve de incentivo à leitura. Os Brasileiros lêem pouco, muito pouco.
    Gostei das duas idéias, da primeira, que é o criador do “livro express”. E do questionamento sobre.
    Se quiserem saber se está bem escrito ou se foi bem traduzido, seria interessante, que façam a análise comprando e lendo.
    Att. R.R.S

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s