Logotube (e Facebook) contra a burocracia

Quem já participou, como cliente ou fornecedor, de um processo de criação de identidade visual (logo, site , papelaria..), conhece bem a rotina burocrática, e muitas vezes sem fim, a que se submete.

“Decidimos pensar em algo que evitasse o longo processo de idas e vindas de projetos, os erros de briefing e o longo prazo para a finalização de projetos, muitas vezes, fáceis de serem resolvidos”, explica o relações públicas Rodrigo Stoqui que,  junto ao designer Caio de Santi e ao publicitário Marcio Del Col, utilizaram o Facebook e a criatividade para montar a Logotube.


A empresa, materializada em formato de site e (o mais legal) de página no Facebook, criou em ambas um processo de negócios com começo, meio e fim, sem necessidade de sair do mundo virtual.

Na própria página do Facebook, o cliente envia suas informações, perfil do público e diretrizes para uso de imagens, letras e cores no material – com a opção da Logotube escolher isso tudo para você.

O processo, além de prático, entra em um nível de detalhes que muitas agências não têm com o cliente em uma reunião de briefing presencial.

O principal público-alvo da Logotube são as pequenas e médias empresas e empresários, profissionais liberais e quaisquer pessoas que estejam pensando em desenvolver ações de comunicação com custo baixo e possibilidades de pagamento (parcelamento em 12 vezes, por exemplo). “Hoje, quando falamos em agências, isso não existe”, diz Stoqui. “Tanto no Facebook, quanto pelo site, a Logotube é inovadora.”

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Uncategorized

5 Respostas para “Logotube (e Facebook) contra a burocracia

  1. Pingback: Logotube (e Facebook) contra a burocracia « BlogTube

  2. Muito bom..
    Praticidade , dinamismo, custos razoaveis .. tudo que as pessoas estão necessitando para agilizar seus negocios, neste momento que tudo é necessario ser decido rapidamente e com a qualidade necessária.

  3. Renato

    Legal, Caio! Parabéns. Com experiência de 10 anos de empresa, eu apenas trocaria no texto acima a expressão “parcelamento em 12 vezes” por “parcelamento mais extenso” ou similar, para não depreciar o negócio, para não dar cara de crediário popular – o que não retrata você. Certamente “para bom entendedor, meia palavra basta”. Eles vão entender.
    Curti!
    Abração,
    Renato

  4. Anônimo

    Muito Bom
    O formato proposto está além do que existe no mercado e vem de encontro as necessidades de respostas rápidas, agilidade, segurança e desempenho.
    Isso é a verdadeira INOVAÇÃO.
    Parabéns.
    FDS Engenharia Consultiva

  5. FABIO

    Muito Bom
    O formato proposto está além do que existe no mercado e vem de encontro as necessidades de respostas rápidas, agilidade, segurança e desempenho.
    Isso é a verdadeira INOVAÇÃO.
    Parabéns.
    FDS Engenharia Consultiva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s